Lanterna Verde

 

      

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

BatmanSupermanFlashAjax

Mulher MaravilhaMulher GaviãoLiga da Justiça

 

 

 

 

 

 

 

 

Lanterna Verde é um nome compartilhado por diversos super-heróis da DC Comics. Criado por Martin Nodell e Bill Finger, o Lanterna Verde original estreou em All-American Comics nº16 (1940). Reformulado como um novo super-herói com o mesmo nome nos anos 60, o personagem original ficou conhecido por Lanterna Verde Alan Scott e por um tempo adotou a identidade de Sentinela (Brasil).

O Lanterna Verde atual foi lançado nos quadrinhos da década de 60, e também é conhecido como "O Lanterna Verde da Era de Prata". Sua identidade era a de Hal Jordan, membro fundador da Liga da Justiça da América. Apesar do excelente trabalho do desenhista Gil Kane nesse período, era um personagem de super-herói relativamente genérico até que em 1970 a DC resolveu emparelhá-lo com o Arqueiro Verde (Oliver "Ollie" Queen), em uma série de quadrinhos absolutamente inovadora e de cunho social. Essa época ajudou a consolidar o novo Lanterna Verde como um herói popular, apesar das séries subseqüentes abordarem temas mais cósmicos.

O anel dos Lanterna Verdes

Diversos indivíduos já assumiram o nome de Lanterna Verde ao longo do tempo. Cada um possuiu um anel que lhes dava grande controle sobre o mundo físico. O anel foi considerado a arma mais poderosa da galáxia, criando objetos plasmados complexos de acordo com a mente de seu portador, limitado apenas por duas coisas: a imaginação do lanterna verde e a cor amarela, onde o anel não surte efeito algum (problema causado por uma impureza na fonte original que gerou os anéis). O anel dos Lanternas Verdes deve ser recarregado de acordo com o período de rotação do planeta natal de seu portador (na Terra, a cada 24 Horas). A bateria do anel se assemelhava em seu formato à antiga lanterna utilizada por exemplo pelos ferroviários para sinalizar alguma coisa ocorrida nos trilhos aos maquinistas de trens.

Os anéis dos Lanternas Verdes foram confeccionados pelos Guardiões do Universo, seres extremamente antigos e poderosos, que têm a missão de zelar pela manutenção da paz intergaláctica. O poder do anel provém da bateria energética do planeta OA, lar dos guardiões, que fica no centro do universo.

Mais tarde, foi dito que os aneis dos Lanternas Verdes não são mais vulneraveis a cor amarela. Apenas os anéis dos recrutas agora tinham esta limitação.

A Tropa dos Lanternas Verdes

Para melhor monitorar o Universo, os Guardiões dividiram-no em 3600 setores espaciais, sendo que o setor que abriga o planeta Terra é o de n° 2814. Encarregando 2 membros para cada setor espacial.

O Lanterna Verde da Era Dourada (Alan Scott), como também é conhecido, não faz parte da Tropa dos Lanternas Verdes, pois seu anel não foi confeccionado pelos Guardiões, mas sim moldado a partir da bateria encontrada por ele mesmo, por sua vez originada de um meteoro caído do céu, proveniente do Coração Estelar.

Os anéis usados por todos os outros Lanternas Verdes foram criação dos Guardiões do Universo que distribuíam tais anéis para candidatos que os merecessem por todo o universo. Esses indivíduos criaram a força policial intergalática conhecida como a Tropa dos Lanternas Verdes.

Existiam lanternas verdes de várias raças espalhados pelo universo.

Os substitutos e as novas personalidades de Hal Jordan

Nos últimos vinte anos, a DC colocou diferentes indivíduos no papel de Lanterna Verde: (Guy Gardner, John Stewart e Kyle Rayner), sendo que todos esses heróis foram membros da Liga da Justiça em várias de suas encarnações. Mas em 2005, depois de um período como o vilão Parallax e de se tornar o novo Espectro, Jordan voltou a ser o Lanterna Verde. Kyle Rayner passou um bom tempo como o único Lanterna Verde da Terra e do espaço. Enquanto existia, a Liga da Justiça teve em John Stewart o seu Lanterna Verde oficial. O cargo fora oferecido a ele por Kyle Rayner, quando decidiu abandonar a Terra por decepção.

Ordem das trocas

Primeiramente, Hal Jordan foi chamado para ser Lanterna Verde pelo ex-dono do anel chamado Abin Sur. Logo após um tempo, Guy Gardner foi recrutado para ser o seu substituto (todo Lanterna Verde necessita de um substituto caso o titular venha morrer). Porém, Guy Gardner se feriu em um acidente e ficou hospitalizado, impossibilitando de ajudar Hal quando ele precisava (durante a época que o Arqueiro Verde o estava acompanhando em suas viagens). Assim então, a Tropa dos Lanterna precisou de recrutar um outro substituto para Hal, chamado assim John Stewart (que no início, não levou a sério). Algum tempo depois, quando Hal assistiu sua cidade (Coast City) sendo destruída pelo Superman Ciborgue, ele se revoltou contra a Tropa dos Lanternas e saiu universo afora matando TODOS os seus companheiros. Assim ele se transforma em Parallax, como visto na minissérie Crepúsculo Esmeralda (primeira versão pela Abril Jovem e recém lançada como encadernado pela Panini Comics). Desta maneira o último dos Guardiões do Universo (Ganteth) recruta o jovem Kyle Rayner para ser o novo Lanterna Verde e recuperar a Tropa dos Lanternas (com visto na minissérie Novo Amanhecer).

 Poderes

O anel dos Lanternas Verdes permite criar objetos com energia verde que funcionam como suas exatas duplicatas reais,ele na verdade pode transformar vontade em presença, voar a velocidades interplanetárias, traduzir automaticamente cada língua conhecida no universo, cobrir o corpo do usuário com uma aura para proteger-se de ataques e rigores do espaço, fazer análises, detectar outros Lanternas Verdes, projeção astral e fazer o usuário relembrar de fatos esquecidos. O anel protege o usuário automaticamente contra dano fatal e é capaz de curá-lo em níveis baixos. O anel também pode reproduzir qualquer poder imaginado. O nível dos poderes do anel é limitado pela força de vontade do usuário e só necessita de ser recarregado a cada 24 horas na bateria-lanterna, ou quando os níveis de energia estão muito baixos. O anel não funcionava contra coisas amarelas, mas depois da crise foi descoberto que os guardiões disseram isso para que os lanternas não acreditassem em poder infinito, Hall Jordan descobriu que apenas o medo impede que o poder funcione.

O usuário também deve ter sua força de vontade suficientemente desenvolvida a fim de operar o anel.